Endocrinologia

Dra. Siomara H. Tauil



Formada em Medicina pela Universidade Federal de Goiás em 1991 e especializada em Endocrinologia e Metabologia pela USP em 1997, a Dra. Siomara Helena Tauil é Diretora da área de Endocrinologia da Eyecorp.
(acesse seu C.V. completo na Plataforma Lattes AQUI ).

A Endocrinologia é a especialidade médica que cuida das glândulas do corpo humano. Essas glândulas são as grandes responsáveis por produzir e secretar os hormônios que auxiliam o metabolismo, o desenvolvimento e crescimento do corpo e a reprodução humana.

Ela é também frequentemente referida como "Endocrinologia e Metabologia", porque aborda amplamente o metabolismo, que é o conjunto de ações que ocorrem no corpo humano com a finalidade de liberar energia, para permitir que o indivíduo realize suas atividades diárias.

Quando há algum tipo de problema na produção de hormônios, o metabolismo pode ser afetado e o paciente pode apresentar sintomas como fadiga constante, entre outros. Para descobrir as causas desse cansaço e tratá-lo, pode-se consultar um médico especializado em Endocrinologia e Metabologia.

Entre as glândulas que podem ser estudadas e avaliadas por um médico endocrinologista estão: a tireóide, os ovários, os testículos, o pâncreas, as suprarrenais, a hipófise e o hipotálamo.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, um médico com essa especialidade pode tratar de condições como a menopausa e a andropausa, realizando as devidas reposições hormonais para aliviar o desconforto causado nessas condições físicas, a diabetes, a osteoporose, os problemas de crescimento excessivo ou deficiente, os distúrbios menstruais e doenças da hipófise e da tireóide, entre outros quadros clínicos.

Os endocrinologistas também tratam da obesidade realizando recomendações médicas e investigações que auxiliam o paciente na perda de peso, para evitar as doenças que advém do excesso de peso. Alguns pacientes podem requerer cirurgia bariátrica, que pode ser indicada pelo endocrinologista. Além disso, em uma consulta com médico endocrinologista, o paciente costuma aprender sobre boas práticas de saúde, como a alimentação saudável e a realização de esportes, que auxiliam na obtenção de uma melhor qualidade de vida e na prevenção de doenças.





Aqui na Eyecorp, sob os cuidados da Dra. Siomara, você pode realizar uma completa avaliação endocrinológica e nutricional, além de um exame de bioimpedância para indicar a eventual necessidade de ajustes em sua dieta e até prescrição de medicação conforme o caso.



SOBRE A BIOIMPEDÂNCIA:

O exame de bioimpedância indica a quantidade de gordura e músculos no corpo, sendo realizado medindo a resistência do corpo à passagem de uma minúscula corrente elétrica.



Sabendo-se que a corrente elétrica é melhor conduzida pelos íons contidos nos fluidos, é possível determinar a quantidade de água corporal, geralmente expressa em porcentagem.




Enquanto o sangue e tecidos que contém mais água em sua composição, como os músculos, oferecem menor resistência à passagem da corrente elétrica, o mesmo não acontece com os tecidos adiposo, pele e ossos, que são maus condutores de eletricidade.

Por esse princípio, a composição corporal é dividida em dois componentes principais:

1 - Massa magra (massa livre de gordura): inclui músculos, ossos e pele;

2 - Massa gorda (Massa total menos massa magra)

Há também que se considerar que a massa muscular inclui diversos tipos de músculo:

Músculo esquelético presente principalmente nos membros e outros tipos de músculo que compõem órgãos como o coração (músculo cardíaco), intestino, aparelho etc (músculo liso) – presentes principalmente no tronco O músculo esquelético corresponde a aproximadamente 56,6% da massa magra. Como o músculo é rico em água, um aumento de água corporal no exame de bioimpedância pode ser reflexo do aumento da massa muscular.

Outra informação útil que pode ser obtida é o índice de sarcopenia, que é perda de musculatura esquelética dos membros (apendicular). O índice de sarcopenia é calculado dividindo-se a massa muscular dos quatro membros pela altura ao quadrado.

A manutenção da massa magra é importante para qualidade de vida ao longo dos anos e para manter ou aumentar o metabolismo.